quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Ah, esse meu 2009...





Ah,esse meu 2009!

Ano maravilhoso em quase todos os aspectos,não posso negar...
Foi nesse passageiro e ligeiro 2009 que pude iniciar meu ciclo de crescimento aqui em BH,crescimento pessoal, profissional e sem falar nas dádivas que vim recebendo neste percorrer, as quais me vieram como presente... A Amizades!
É tão gratificante conhecer pessoas, depositar nelas amor e ver essa relação crescer e se multipicar cada vez mais...
Dessas várias pessoas, algumas se fizeram passageiras, ligeiras quase intocáveis.
As que ficaram, são regadas dia a dia com uma magna dose de AMOR para que continuem crescendo sempre e sempre.
Não vou negar que houveram fazes ruins este ano, mas fui forte e quando se tem amigos, essas fases se tornam quase que instantâneas e se dissolvem em pouco tempo.
Resumindo, 2009 foi um ano explêndido, cercado de amor, carinho e muitas realizações em minha vida.
Que 2010 venha com muita PAZ, AMOR e SAÚDE, que são a chave e a base para que todos obtenham êxito em todos os aspectos cotidianos.
Agradeço a Deus por tudo, pois sem Ele eu não seria nada...
Agradeço aos amigos, aos colegas, aos conhecidos e as pessoas passageiras as quais me engrandeceram de alguma forma e me trouxeram muito AMOR, me tornando cada vez mais rica, pois desconheço bem maior.

Feliz 2010 com muito AMOR... Meus sinceros votos.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Verdades do mundo...



..." Uma vez Renato Russo disse com uma sabedoria ímpar:
"Digam o que disserem, o mal do século é a solidão".Pretensiosamente digo que assino embaixo sem dúvida alguma. Parem pra notar, os sinais estão batendo em nossa cara todos os dias.

Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais
micros e transparentes, danças e poses em closes ginecológicos, chegam sozinhas e saem sozinhas. Empresários, advogados, engenheiros que
estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos.

Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dance", incrível. E não é só sexo não, se fosse,era resolvido fácil, alguém dúvida?

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho sem necessariamente ter que depois mostrar performances dignas
de um atleta olímpico, fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormirem abraçados, sabe essas coisas simples que perdemos nessa marcha de uma evolução cega. Pode fazer tudo, desde
que não interrompa a carreira, a produção.

Tornamos-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós.

Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada no site de relacionamentos ORKUT, o número que comunidades como:

"Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a
desesperançada "Nasci pra ser sozinho!" Unindo milhares ou melhor milhões de solitários em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis.

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento e
estamos a cada dia mais belos e mais sozinhos. Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário, pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso encarar os fantasmas de
frente e aceitar essa verdade de cara limpa.

Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia é feio,
démodé, brega.

Alô gente! Felicidade, amor, todas essas emoções nos fazem
parecer ridículos, abobalhados, e daí? Seja ridículo, não seja
frustrado, "pague mico", saia gritando e falando bobagens, você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais (estou muito brega!),aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso à dois.

Quem disse que ser adulto é ser ranzinza, um ditado tibetano diz
que se um problema é grande demais, não pense nele e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele. Dá pra ser um homem de negócios e tomar
iogurte com o dedo ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser estabanada; o que realmente não dá é continuarmos
achando que viver é out, que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo ou que eu não posso me aventurar a dizer pra alguém: "vamos ter
bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida".

" Antes idiota que infeliz"
( Arnaldo Jabor)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Seu Pecado Capital




Dobro os joelhos
Quando você, me pega
Me amassa, me quebra
Me usa demais...

Perco as rédeas
Quando você
Demora, devora, implora
E sempre por mais...

Eu sou navalha
Cortando na carne
Eu sou a boca
Que a língua invade
Sou o desejo
Maldito e bendito
Profano e covarde...

Desfaça assim de mim
Que eu gosto e desgosto
Me dobro, nem lhe cobro
Rapaz!
Ordene, não peça
Muito me interessa
A sua potência
Seu calibre, seu gás...

Sou o encaixe
O lacre violado
E tantas pernas
Por todos os lados
Eu sou o preço
Cobrado e bem pago
Eu sou
Um pecado capital...

Eu quero é derrapar
Nas curvas do seu corpo
Surpreender seus movimentos
Virar o jogo
Quero beber, o que dele
Escorre pela pele
E nunca mais esfriar
Minha febre...





quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Preciso me libertar...



Expectativas infundadas
Criadas sobre a areia movediça
Que disfarça as entrelinhas obscuras
Carregadas de mágoa e dor.

Vens e oferece o que não podes dar
E procuras ter o que não podes manter
E queres se apossar quando lhe convem
Do que nunca será de ninguém.

Cabe também a ti o dicernimento
A delicadeza de esclarescer o que desejas
Ficar ou ir, estar ou partir
Libertando as correntes
Do devaneio criado
A partir do ciente acaso.

Queres sempre mais do que podes dar
E do que poder ser.

Desde ja, nesse impasse ocioso,
Tomo as rédeas de vez
Para findá-lo em um ponto final.

Ps: Preciso me libertar...

"..."



"..."

"Não interessa o quanto eu tenha a dizer, palavras sempre fogem dos pensamentos

Não. Até me incomodo de sonhar coisas irrealizáveis, mas preciso acreditá-las em frases bem elaboradas pra que tudo se pareça possível.

Não? Quanto mais tento alcançá-las, mais fogem do meu alcance. Se desviam na neve do tempo,
como se o percusso até a expressão fosse o responsável pelo seu congelamento.

Não! Tudo bem que boceje de vez em quando, mas que minhas palavras não durmam para sempre. Se vierem, num pequeno pedaço de papel, eu juro que tentaria fazer caber o maior lugar do mundo, traduzido de uma forma que você possa entender"

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sou Tua!




Quero ter voce,
Da forma mais simples
Te trazer pra mim vagarosamente
E cuidar da dor que há guardada em seu peito.

Quero trazer-te dias melhores
E oferecer tudo de bom que possa haver...

Quero ser o novo
O melhor que já houve em sua vida.
Ser alimento pro seu corpo
E calor aquecendo seus dias mais frios.

Quero ser pra você
O que ninguém nunca foi
O que não pode e nem poderá ser imaginado
Se comparado ao que já existiu.

Quero ser o Cuidado, o Afago e a Carícia
Que inebriará todos os seus dias.

E quando se der conta,
Vai entender que já pertenço a você
Da forma mais sublime
Que alguem um dia pode se doar.




"Sou sua, venha tomar posse de mim!"

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Tome posse de mim



Esses dias cinzentos que me cercam,
Tão desfocados e artificiais que me cobrem ,
Atingindo em cheio a parte a qual mais nescessita de cuidados...
Não desejo apenas saborear do minuto eufórico...
Quero sanar todo o meu exagerado apetite e
Me encher de sensações nunca vividas antes,
Engrandecendo meu ego com toda a comida e bebida
Oferecida por seu eu.

Nescessito urgente de uma verdade,
Que possa me ter e me satisfazer por completo.
Nescessito é de você,
Seja lá quem for...
E venha rápido,venha tomar posse de
Mim.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Seu "Presente"...



"Não me venha com meios-termos,
com mais ou menos
ou qualquer coisa.

Venha à mim com corpo, alma,
vísceras, tripas e falta de ar".

(Caio F. Abreu)

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

.

...E nunca deixes de sonhar que, um dia, tal como eu, vais encontrar alguém mais próximo e mais generoso, que te ensine a ser feliz, mesmo com todas as pedras que encontrarem no caminho.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009




"É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.
É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas
e rios e manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros
e a luzimpura, até doer.
É urgente o amor,
é urgente permanecer."

[Eugénio de Andrade]

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Ao soerguer...

Depois de alguns dias perdida no caminho da inquietude, volto a me acalmar.
Só Deus sabe o tamanho do infinito que se habitou aqui dentro de mim, o qual foi um pouco abrandado com lágrimas interrúptas no vazio do meu pequeno imenso quarto.
Cada toque sutil das lágrimas derramadas foram acalanto pra dor que parecia não querer cessar.
Palavras perdidas, procurando entendimento onde não havia.
Mas cada dia é um recomeço e em tudo existe fim.
Depois desse segundo temporal vivenciado por mim numa mesma vida,vagarosamente sentí os ventos lentamente cessando deixando que minha PAZ retomasse meu EU.
Foi uma longa experiência sobre a qual concluí que o valor maior habita em mim, e não n'um sepulcro coração de pedra.
Jaz mais uma vez então, um desatino infundado sob alicerces desestruturados abalados onde os quais um dia por um triz eu pisei por querer.

Ao que "ERA"... por Clarice Lispector


"Já entrei contigo em comunicação tão forte que deixei de existir sendo.
Tu tornas-te um eu. É tão difícil falar e dizer coisas que nunca podem ser ditas.
É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do encontro real, entre nós dois Dificílimo contar: olhei pra vc por uns instantes, tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita..Eu chamo isso de estado agudo de felicidade."

E aqui dentro teve fim.*-*

terça-feira, 22 de setembro de 2009

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Por esses dias, ando em meio á um silêncio profundo...

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Frase do dia:

"Perder-se também é caminho!"

Pense nisso!!!

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Por Gibran Kalil Gibran, em "O Profeta"


DO AMOR

Quando o amor vos chamar, segui-o,
Embora seus caminhos sejam agrestes e escarpados;
E quando ele vos envolver com suas asas, cedei-lhe,
Embora a espada oculta na sua plumagem possa ferir-vos;
E quando ele vos falar, acreditai nele,
Embora sua voz possa despedaçar vossos sonhos
Como o vento devasta o jardim.

Pois, da mesma forma que o amor vos coroa,
Assim ele vos crucifica.
E da mesma forma que contribui para vosso crescimento,
Trabalha para vossa queda.
E da mesma forma que alcança vossa altura
E acaricia vossos ramos mais tenros que se embalam ao sol,
Assim também desce até vossas raízes
E as sacode no seu apego à terra.

Como feixes de trigo, ele vos aperta junto ao seu coração.
Ele vos debulha para expor vossa nudez.
Ele vos peneira para libertar-vos das palhas.
Ele vos mói até a extrema brancura.
Ele vos amassa até que vos torneis maleáveis.

Então, ele vos leva ao fogo sagrado e vos transforma
No pão místico do banquete divino.

Todas essas coisas, o amor operará em vós
Para que conheçais os segredos de vossos corações
E, com esse conhecimento,
Vos convertais no pão místico do banquete divino.
Todavia, se no vosso temor,
Procurardes somente a paz do amor e o gozo do amor,
Então seria melhor para vós que cobrísseis vossa nudez
E abandonásseis a eira do amor,
Para entrar num mundo sem estações,
Onde rireis, mas não todos os vossos risos,
E chorareis, mas não todas as vossas lágrimas.

O amor nada dá senão de si próprio
E nada recebe senão de si próprio.
O amor não possui, nem se deixa possuir.
Porque o amor basta-se a si mesmo.

Em você...


"Encontro no teu corpo
O desejo que sacia o meu.
Encontro nas tuas mãos
Os gestos que desenhei em mim.
Encontro na tua boca
As palavras que tanto procurava.
Encontro em ti
A tempestade que ruge
Também em mim,
E a paz que só tu tens.
E descanso no teu corpo,
E, me encontro em ti."

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Saudade...

"Saudade
Ausência de partes essenciais. Falta de calor e familiaridade. Excesso de espaço no armário. Falta de comodidade individual e interna. Perda ou ganho de peso. Obsessão. Olhos vermelhos. Álbuns abertos. Cartas relidas. - Saudade."

O belo oculto por seus olhos...


Acalma-te, coração, e não te deixes
perturbar.
Silencia, minha boca, e não emitas
som algum.
Espera, sentimento meu,
e não te deixes molestar pelo medo
ou pela ansiedade.
A madrugada espia as estrelas quando
a noite atinge o apogeu, e o grão, que
se arrebenta no solo, transforma-se
em vida.
Ama o tempo.
As crianças crescem.
Os rios se movimentam.
As nuvens correm pelo ar.
Assim também, as dádivas do meu Rei
chegarão aos teus desejos tranqüilos,
no momento próprio.

-Tagore-

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Nayara por Luis Fernando Veríssimo





Ainda pior que a convicção do não, a incerteza do talvez é a desilusão de um "quase".É o quase que incomoda, que entristece, que mata, trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou, não amou.Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono do quase....
Pergunto então, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor, não pergunto, contesto.
A resposta sei de cor, está estampada na
distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados.Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são.
Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris teria somente
tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência, porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.
Pros erros, há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase
morre esteja vivo, quem quase vive, já morreu!

quarta-feira, 3 de junho de 2009

DESEJO...

Que exista AMOR pra "RECOMEÇAR"...


Pra sempre.

Momento "PRECI(o)SO"

_Por isso me traga uma flor
e faça o favor de não me irritar...
e me conte uma bela história
se for confiante, vou acreditar.
Eu queria ter esse problema,
igual aquele filme que eu vi no cinema.
Eu sei, você não viu,
mas eu explico o esquema:
_Me abraça, me ama, me beeeeija
cadê você????
(Ana Cañas)

Nayara por Clarisse Lispector



"Eu sou um ser totalmente passional. Sou movida pela emoção, pela paixão, tenho meus desatinos...Detesto coisas mais ou menos...Não sei conviver com pessoas mais ou menos...
Não sei amar mais ou menos...Não me entrego de forma mais ou menos...
Se você procura alguém coerente, sensata, politicamente correta, racional, cheia de moralismo... ESQUEÇA-ME!
Se você sabe conviver com pessoas intempestivas, emotivas, vulneráveis, amáveis, que explodem na emoção... ACOLHA-ME!!!
Se você se assusta com esse meu jeito de ser... AFASTE-SE...
Se você quiser me conhecer melhor... APROXIME-SE!!!
Se você não não gosta de mim, IGNORE-ME... E quando eu partir.....NÃO CHORE!!!"

"Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas; minhas tristezas, absolutas. Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos."

terça-feira, 2 de junho de 2009

Quem não tem nada a perder não sabe quando parar.”

Dias cinzentos...





E quando falta a palavra?
Quando não tem abraço, nem intenção de um.
Quando não tem lembrança, nem muita saudade, nem muita questão.
O que fazer quando tudo o que dava prazer sentir, não é mais sentido?
Quando a gente cansa de dizer, de pedir, de brigar, de xingar, de bater na mesma tecla infinitas vezes com gosto e esperança?
Quando a gente vê e finge que não vê, desistindo de querer tentar outra e mais outra e tantas outras vezes?

O meu medo de lembrar tão pouco, é acabar esquecendo de vez.

E mesmo que ainda não haja importância alguma...
Não desistirei NUNCA .

Não espere...




'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já passaram-se 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado..
Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo: Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo, a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.'

Mário Quintana

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Trecho de "Sobre o poder de escolha" de Cooper (Sexto Sexo) Indispensável á qualquer mulher...

"Confesso que sinto bastante orgulho por ter esse poder de fazer escolhas. Decido quem entra na minha vida, quem sai, quem fica por pouco tempo, quem permanece para sempre, quem nunca pode entrar…. Parece simples isso, mas não é. Algumas pessoas simplesmente aceitam o que a vida oferece. Vão catando porcarias pelo caminho, como se não tivessem opção. Há também os tipos que vivem do lado oposto: tentam entrar na vida de alguém e não se tocam que às vezes não merecem aquele espaço. Em vez de escolherem fazer qualquer outra coisa com seus dias, se humilham numa insistência vã. Pouca gente tem o bom senso de pesar se aquilo que chega realmente é válido. Pouca gente entra um universo sob a ciência de que é bem-vindo ali. E isso acaba sendo engraçado porque, quando faço minhas escolhas, alguns consideram minha atitude absurda, como se eu fosse obrigada a receber o mundo de braços abertos, como se minha rotina fosse uma cesta de lixo que aceita bolinhas de papel barato com garranchos de um texto ruim. Pobres diabos!

É por isso que sou o que sou. Sempre rejeitei quem não merecia estar na minha vida e optei por ficar só com o que me faz bem. Só os que me acrescentam merecem espaço. Questão de escolha. Isso é poder de verdade. Essa capacidade de decisão é que me faz especial, do contrário, se fosse como uns e outros que pensam que não se deve ter critérios, eu seria uma lixeirinha à espera do entulho.

Bem… Há quem se sinta lixo. Não é o meu caso. E só é assim porque eu escolhi".

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Meu Valor...

Hoje acordei com uma nova imprenssão da Vida...
Tenho me esforçado ao máximo em busca de tornar o cotidiano estafante em uma harmoniosa jornada.
Cada vez mais sinto o mérito por cada ato diário, com ou sem êxito, pois na reliadade o que realmente sempre vale é a gloriosa "intenção".
Cada passo meu, milimétrico que seja, vem sido cauculado com a precisão da pitada de Amor que nele será colocado,em qual seja o ato, do mais simples ao mais sofisticado.
E é assim que venho percebendo quão grande importância tenho para todas as pessoas ao meu redor, e meu coração se enche de alegria ao me situar nessa imensa corrente de Otimismo.
Vale sempre ressaltar que nem todo o esforço depositado não será reconhecido; tendo em vista que estamos enxergando á nossa maneira.
Cada qual tem sua forma de compreender, e simplismente devemos respeitar essa forma de compreensão externa, quer ela seja aceita ou não.
A gratidão é presenteada com gestos singelos oferecidos calorosamente a nós...
E passível de erros e acertos, sigo a minha jornada oferecendo com muito carinho; parte da dádiva que me foi concebida, que é a de ser útil e de poder servir.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Cativa-me!!!


"Eu não preciso de ti.
Tu não precisas de mim.
Mas,
se tu me cativares, e se eu te cativar...
ambos precisaremos, um do outro..."

(Antoine de Saint-Exupéry)


Obs: Pode ser eterno ou não...
Cabé a nós o poder dessa decisão!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

...Ultimamente tenho corrido atrás de conseguir todos os meus ideais lutando com unhas e dentes pelo tão merecedo "LUGAR AO SOL"...
Eu tento ser forte, fazer por merecer... me empenho até onde posso... Dou meu sangue pra valer o merecimento posterior... Mas tem certos dias que a estrutura do corpo abala, por mais que eu a tenha no meu controle. E são as horas em que eu me perco em um mar de vazio imenso...
É preciso se empenhar bastante para conseguir chegar até um porto seguro que me faça ressurgir as forças que ás vezes me fogem do controle...
Apesar dos pesares, não desisto, pois é em cada recaída que eu renasço cada vez mais FORTE!!!




(Um dia, isso tudo vai passar... Não haverá nem dor e nem sofrimento...)




"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens." (Fernando Pessoa)

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Meu Eu...






Tudo ou Nada.
Perfeccionismo ou Irritância.
Certeza ou Incerteza
Artista ou Artista.
Iluminada ou Maldita.
Excêntrica ou Genial.
Arrogante ou Simplória.
Apegada ou Desapegada.
Preto ou Branco.
Ponte ou Porta.
Mulher ou mais Mulher.
Paixão ou mais Paixão.
Depende Sol ou Depende Lua.
Doce ou Amargo.
Mar ou Areia.
Felicidade ou Depressão.
Criança ou Velha.
Sonhos ou Desilusão.
Sensibilidade ou Rigidez
Anjo ou Demônio.
Amor ou Íra.
Abençoada ou Abnegada.
Materna ou Irmã.
Alma e Coração.
Deus ou sua Obra.

Enfim, Nayara.

sexta-feira, 3 de abril de 2009


A exatamente 2 meses atrás voltei a viver... Estou em um momento muito feliz ao lado de alguém que amo de verdade... É um momento abençoado por Deus , que vai se eternizar pelo infinito...

Bom, meu coração está feliz... e é isso que realmente me importa...


No mais, não há nescessidade de mais explicações...


Amo e só.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Nada...


"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo.
Não posso abrir-lhe um mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma.
Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso e a chave.
Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo."

Hermann Hesse

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O QUE EU DESEJO...E QUEM EU SOU!!!

Sou uma pessoa bem simples, sem ambições e limitações, que sonha em formar uma família bem estruturada e criar meus filhos em PAZ. Sou extremamente sincera em relação á tudo, principalmente em meus propósitos; e sempre obtive êxito em quase todas as minhas conquistas . Hoje, aos meus 25 anos, um pouco mais madura para saber compreender e me sobressair da “arte cotidiana do SABER VIVER”, sinto-me preparada para arcar com a responsabilidade do meu futuro, que almejo ser bem tranqüilo e pacífico ao lado da pessoa com a qual desejarei ser cúmplice para amar até o fim dos meus dias. Bem, hoje sim me sinto pronta para conseguir conquistar este tão sonhado desejo... e sei que não será fácil, mas eu, particularmente sempre adorei desafios e sou adepta da seguinte frase:_”Tudo o que vem fácil, fácil irá embora”. Luto e lutarei por meus ideais e espero conquista-los tão quanto antes melhor. Aguardo a sonhada pessoa que possa me trazer esse companheirismo e cumplicidade e que estejam cientes de que um dia todos os meus grandes amigos compartilharão minha tão sincera e sonhada realidade de SUCESSOS... Agradeço á Deus por eu existir, porque sem Deus eu não seria NADA!!!