sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

O Amor - Corintios 13

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece.

Não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal.

Não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade.

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá.

Porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos.

Mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Minha doce dor se esconde,
Por trás de um sorriso,
Comprado, corrompido,
Feliz, fingido...

Penso, dispenso explicações,
Não controlo meu super-ego,
Impossível entender minha tristeza,
Já desisti não existe porquê,
Sou apenas mais uma alegre deprê.

Busquei em vão
Identificar,
Motivos para não
Querer te guardar...

Enfim, aqui estou.



quinta-feira, 2 de outubro de 2008

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Reconstruindo o despedaçado...










CICATRIZES FICAM...

MAS A FORÇA DE REAÇÃO É MAIOR...

QUE VENHA O RECOMEÇO...PARA

MINHA "NOVA" ESTRUTURA

INABALÁVEL!!!

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

"Vou te contar...
Os olhos já não podem Ver...
Coisas que só o coração pode Entender...
Fundamental é mesmo o AMOR...
É impossível ser feliz Sozinho..."

Vou te contar... UM SEGREDO!!!



“O ESSENCIAL é invisível aos OLHOS”


sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Samurai Champloo




Um dos melhores animes que já pude conhecer na minha Vida...
A história mistura passado e presente, e me fez refletir sobre a questão de correr atrás dos meus ideais...
Começar a caminhar em busca de todos os meus ideais... é isso aí...


http://www.hinata-sou.com.br/paginas2/index.php?page=klauss/champloo.html

Acima, o link para baixar todos os episódios, para conhecer e se apaixonar, assim como Eu.

terça-feira, 9 de setembro de 2008


"Quero ter alguém com quem conversar... Alguem que depois não use o que eu disse contra mim..."

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

.

“E a nossa história não estará pelo avesso assim, sem final feliz,

Teremos coisas bonitas pra contar....

E até lá, vamos viver

Temos muito ainda por fazer,

Não olhe pra traz, apenas começamos...

O mundo começa agora.,

Apenas começamos...”

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

"Sangue Latino"




Jurei mentiras e sigo sozinha;
Assumo os pecados;
E os ventos do norte não movem moinhos;
E o que me resta é só um gemido...

Minha vida, meus mortos, meus caminhos tortos;
Meu sangue latino;
Minha alma cativa...

Rompi tratados, trai os ritos;
Quebrei a lança, lançei no espaço;
Um grito, um desabafo;
E o que me importa é não estar vencida...

Primeiro Contato...



Venha!

Meu coração está com pressa

Quando a esperança está dispersa

Só a verdade me liberta

Chega de maldade e ilusão

Venha!

O amor tem sempre a porta aberta

E vem chegando a primavera

Nosso futuro recomeça

Venha!

Que o que vem é Perfeição!...

...

HOJE, 01/09/2008...



"TENTE ME ENXERGAR COM OS OLHOS DA ALMA E ME ENCONTRARÁS"

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

25 ANOS DE ATITUDE!!!


Nesses 25
Anos de existência,

Eu não sou qualquer uma...
Não sou uma qualquer,amiga de todos talvez, não concorro a simpatia nem sou adorada por unanimidade.
As pessoas tem o direito de não gostar do meu jeito, mas as vezes gostam tanto que sentem inveja.
O meu Amor,eu guardo para os mais especiais...
Não sou qualquer politicamente correta.
Não sigo todas as regras da sociedade e as vezes ajo por impulso...
Erro, admito, aprendo, ensino... Todos erram um dia: por descuido, inocência ou maldade.
Não sou qualquer uma, tenho meus limites e respeito meus sentimentos. Não preciso de pessoas insignificantes para preencher um espaço vazio.
Não namoro só pra ter alguém do lado, mas sim para estar do lado de alguém.
Não sou qualquer ditadora, abro exceções, perdoo aos outros e a mim.
Todos merecem uma segunda chance, mas nunca uma terceira!
Mudo de opinião, mas não de princípios!
Não sou qualquer espectadora...
Comovo-me, choro, sorrio...
Sei destinguir o certo do errado, embora as vezes a tentação fale mais alto...
Não sou o Diabo muito menos Deus!
Enfim, não sou qualquer cópia, Sou Única... "

Com carinho para Vocês...




PEDAÇOS DE MIM

Eu sou feito de sonhos interrompidos;
Detalhes despercebidos;
amores mal resolvidos;


Sou feito de Choros sem ter razão;
Pessoas no coração;
Atos por impulsão...

Sinto falta de lugares que não conheci;
Experiências que não vivi;
Momentos que já esqueci;

Eu sou Amor e carinho constante;
Distraída até o bastante;
Não paro por instante;

Já tive noites mal dormidas;
perdi pessoas muito queridas;
cumpri coisas não-prometidas;

Muitas vezes eu desisti sem mesmo tentar;
Pensei em fugir,para não enfrentar;
Sorri para não chorar;

Eu sinto pelas coisas que não mudei;
Amizades que não cultivei;
Aqueles que eu julguei;
Coisas que eu falei;

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo;
Lembranças que fui esquecendo;
Amigos que acabei perdendo;
Mas continuo vivendo e aprendendo.


By Arnaldo Jabor